BEM VINDO ao St.Artte "Este blog é melhor visualizado com Google Chrome"

Lápide "Ariano Suassuna"


Quando eu morrer, não soltem meu Cavalo
nas pedras do meu Pasto incendiado:
fustiguem-lhe seu Dorso alardeado,
com a Espora de ouro, até matá-lo.

Um dos meus filhos deve cavalgá-lo
numa Sela de couro esverdeado,
que arraste pelo Chão pedroso e pardo
chapas de Cobre, sinos e badalos.

Assim, com o Raio e o cobre percutido,
tropel de cascos, sangue do Castanho,
talvez se finja o som de Ouro fundido

que, em vão – Sangue insensato e vagabundo
tentei forjar, no meu Cantar estranho,
à tez da minha Fera e ao Sol do Mundo!

1 comentários:

Ainda não tive a oportunidade de ler o Ariano, e somos do mesmo estado e tenho seu nome feminino. rs
Seu blog é muito organizado... Quando acessei aqui, vi inúmeros textos para serem lidos e escolhi este primeiro. Parabéns!

 








creative commons license
MyFreeCopyright.com Registered e Protected
É proibida a utilização de quaisquer obras contidas neste site para fins comerciais e publicações sem seus devido créditos. Plágio é CRIME.




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...